Administração de conflitos nas empresas

Administração de conflittos

Por Frederico Condé

É absolutamente normal que aconteçam os conflitos no ambiente de trabalho, as pessoas possuem pontos de vistas antagônicos, e em sua maioria das vezes (e assim deveria ser) os conflitos de idéias e opiniões apesar das diferenças, carregam a crença de cada uma das partes de que a sua posição é a “mais correta e benéfica” para a empresa, para o grupo.

Portanto, deve-se partir sempre desta ideia de que apesar do outro pensar ou ter opinião muitas vezes diferente da nossa, não significa que este quer o pior, é apenas uma visão diferente do problema ou da situação.

Tamanha importância do tema “Administração de Conflitos”, as empresas, especialmente as de grande porte, em sua maioria possuem dentro de seus estatutos, em suas regras de compliance e comitês de risco, normas para mediarem os conflitos organizacionais. Aqui, iremos abordar alguns passos que ajudarão a administrar os conflitos organizacionais de forma inteligente, de modo a promover um ambiente harmônico dentro da empresa.

Somos mais fortes juntos

Dê importância ao seu subordinado, par ou superior, valorize as pessoas, pois, as mesmas, possuem qualidades que são fundamentais no dia-a-dia da empresa, ou seja, as pessoas são à base do funcionamento e prosperidade da organização.

A arte de ouvir

Dar a devida atenção, utilizar-se da habilidade de ouvir o outro, faz com que “ruídos” e falhas de comunicação minimizem. Uma comunicação bem feita e bem recebida proporciona melhor compreensão e uma menor chance de conflito entre o comunicador e o receptor.

Foco no problema

Não ataque pessoas, os holofotes devem ser apontados para o problema, não leve situação para o lado pessoal, direcione suas energias para o problema.

Baixar a guarda

Ter a humildade de rever sua posição, às vezes podemos estar certos, e em outras vezes errados, ou seja, devemos estar sempre abertos a aceitar mudar de opinião, a outra parte poderá ter argumentos para fazer com que mudemos  nossas convicções e nos provar que sua ideia é a mais correta.

Ter empatia, se colocar no lugar do outro, tentando ver o problema pela perspectiva do outro, poderá ajudar a compreender mais facilmente os pensamentos e ideias do outro e naturalmente conseguirem soluções inteligentes.

Trabalhe a persuasão

Estude o problema, se prepare, construa o raciocínio e argumentos inteligentes, tudo para aumentar a sua capacidade de persuasão, mostrando sempre que puder uma construção lógica, alicerçando que a sua opinião e ideia, é o melhor caminho para seguirem.

Tenha paciência para entender o outro

Exercite a sua paciência, a paciência é um atributo fundamental para um relacionamento interpessoal saudável. Muitas vezes a discussão vira um embate, uma guerra, o clima fica tenso, fazendo com que as pessoas fiquem “armadas”, e este clima pode fazer o foco do problema se perder, portanto sempre saiba relevar algumas coisas, de modo a evitar o tensão e preservar a harmonia da organização.

Somos diferentes, nunca se esqueça disto

Aumentar as habilidades de relacionamento, buscando entender e aceitar as personalidades que são diferentes das nossas. Trate as pessoas com respeito, equidade, a justiça deve ser sempre a prioridade em qualquer tipo de relacionamento.

Uma das maiores missões de qualquer pessoa que tenha cargo de liderança é saber lidar de forma inteligente as diferenças das pessoas, é unanimidade de que todos somos diferentes, portanto agir sabendo disto, com inteligência, evita que desgastes possam  afetar negativamente a produtividade da equipe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *